Caros Compatriotas,

No aniversário 43º da independência nacional, o Consulado-Geral da República de Cabo Verde na Holanda, pretende combinar a melodia e a harmonia com o útil e o agradável, numa cerimónia peculiar e sui-generis, carregado de simbolismo.

Como é sabido, a partir da década de 40, a Morna que antes cantava o amor e o desamor, o mar e a saudade, passou também a denunciar os problemas sociais vividos na época, tendo mais tarde, a emigração e a luta pela libertação, integrado o novo repertório musical cabo-verdiano, como propunha Amilcar Cabral.

Com efeito, a Morna, candidata a património imaterial da humanidade, terá nesse dia, a sua expressão máxima na voz do interprete Américo Brito, artista conceituado da comunidade cabo-verdiana de Rotterdam.

Por conseguinte, estão todos convidados para juntos celebrarmos, no dia 5 de Julho de 2018 a partir das 16:00 horas na Casa da Cultura, mais um aniversário da independência nacional, e ao mesmo tempo, apoiar de forma portentosa a candidatura da Morna a património imaterial da humanidade, desígnio inquestionável de toda a nação cabo-verdiana.

Dia 5 de Julho, às 16:00 horas, é na Casa da Cultura, Baan 6, 3011, CB Rotterdam.

Participe!

Belarmino Silva

Cônsul-Geral